You are here

O consumo de café faz bem para a saúde: mito ou verdade?

News
24.06.2021
O consumo do café faz bem para a saúde: mito ou verdade

O café é aquela bebida que quem ama não fica sem! Não à toa, o Brasil responde por um terço da produção mundial e, entre os países que mais o consomem no mundo, fica atrás apenas dos Estados Unidos.

Para além da presença constante na mesa dos brasileiros, o café é material de estudo na ciência. A partir de pesquisas relevantes, foram descobertos vários benefícios  – mas, também, cautelas relativas ao excesso do consumo – da bebida.

Café na dose certa

Por ser uma bebida estimulante, o ideal é não exagerar na quantidade diária de consumo, principalmente no período noturno, pois pode atrapalhar o sono. Recomenda-se que o café seja tomado durante a manhã, de preferência na primeira hora após o despertar – e as demais xícaras, com intervalos de duas horas.

No entanto, a dose certa depende de cada pessoa e cada organismo: uns precisam de mais café para se satisfazer, enquanto, para outros, uma única xícara já é o suficiente. Observe sempre os estímulos no seu organismo e, se constatar que está exagerando, diminua a quantidade.

E, sim, café faz bem para a saúde! Veja abaixo o resultado de dois importantes estudos realizados em diferentes localidades no mundo, divulgados pela Abic (Associação Brasileira da Indústria de Café):

Benefícios do café

A Abic traz ainda alguns dados importantes sobre os benefícios do consumo regular de café como prevenção e redução dos riscos de doenças neurodegenerativas, como Parkinson e Alzheimer. Veja no infográfico abaixo:

Benefícios do consumo do café

Fora isso, alguns estudos mostram que o café pode ser um grande aliado do cérebro, protegendo-o contra deficiências cognitivas e aumentando as habilidades de raciocínio. Isso mostra que os benefícios vão muito além do sabor de uma boa xícara de café.

No agronegócio, o desenvolvimento de novas tecnologias e plataformas na cafeicultura eleva cada vez mais a qualidade do grão produzido, contribuindo não só para boas safras, como também para a saúde da população.

Café brasileiro conectado com o mundo

Café brasileiro conectado com o mundo

O Brasil é o maior exportador de café do mundo – mas, além da boa produtividade, a qualidade do grão é essencial para as boas negociações no mercado externo.

Essa relação do café brasileiro com outras partes do mundo se deve à qualidade superior e à experiência dos produtores, bem como à integração entre cafeicultores e torrefadores que estabelecem um vínculo entre a origem e a demanda mundial.

Nucoffee é uma plataforma da Syngenta que realiza a conexão do produtor brasileiro com o mercado internacional ao promover o acesso a tecnologias avançadas, orientações e referências técnicas para mais de 4 mil fazendas nacionais. Desse modo, proporciona as melhores condições ao cultivo para cafés diferenciados, oferecendo alta consistência no resultado e o relacionamento com novos mercados.

Acesse o site e veja como iniciativas inovadoras, a exemplo de Nucoffee, contribuem cada vez mais para a qualidade e para a conexão do café nacional com o mundo.