You are here

Recorde de produtividade

Condições climáticas favoráveis ao longo do ciclo de produção e a crescente adoção de boas práticas de pós-colheita pelos cafeicultores brasileiros, contribuem para o que podemos chamar de record em produtividade e qualidade da Safra Brasileira 18/19.

Frank Sinatra gravou em 1946 “The Coffee Song”. A música fala sobre a incrível quantidade de café que existe no Brasil. Ela retrata os hábitos de consumo e a capacidade do brasileiro em produzir os grãos que dão origem à bebida. O clássico de um dos mais populares e influentes artistas do século 20 revela o retrato de um Brasil que permanece até hoje: apaixonado pelo café e um dos maiores produtores do mundo.

Os números comprovam. Atualmente, a safra brasileira é a maior da história, estimada em 59,9 milhões de sacas de 60 kg, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) 

Mas não foi só a produção que aumentou. O interesse do produtor e a busca por soluções que impactam na melhoria da qualidade, vêm ampliando o percentual de grãos especiais. E a colheita que se encerra também pode ser considerada record em qualidade.

E assim quem ganha é o consumidor final, com a oferta de novos sabores e aromas.